Vai fazer a mudança? Confira dicas espertas para chegar à casa nova | JUA - Gestão Imobiliária

Notícias

JUA ONLINE Saldos, extratos, contas a pagar, segunda via de recibos e outros.
 Vai fazer a mudança?  Confira dicas espertas para chegar à casa nova
ABR 08 2015

Vai fazer a mudança? Confira dicas espertas para chegar à casa nova

Quem já mudou de casa há de concordar: a alegria despertada pela nova moradia é quase proporcional ao pânico ante a ideia de fazer a mudança. Exageros à parte, é tanta caixa espalhada por todos os lados, que às vezes dá a impressão de que essa trabalhosa fase não vai acabar nunca. Mas não precisa ficar com os cabelos em pé, é possível planejar tudo com calma, tornando o processo mais simples. Quanto mais organização, mais rápido tudo ficará no lugar e, como consequência, mais cedo você e sua família poderão aproveitar o novo cantinho.

Esquematize sua mudança sem estresse.

ANTES DE COMEÇAR

1. Não deixe tudo para a última hora: embale as coisas que você não usa tanto de um a dois meses antes da data da mudança. CDs, DVDs, itens de vestuário, roupas de cama e louças de cozinha podem entrar nessa leva.

2. Comece a enviar os avisos, alertando sobre a troca de endereço para correspondências.

3. Tente se programar para não precisar transportar muita comida, bebida ou coisas líquidas, como frascos de xampu, por exemplo. Faça as compras considerando o tempo de uso até o dia da mudança. Isso porque os produtos podem vazar durante o transporte e causar transtornos desnecessários.

4. Importante: prefira as caixas médias e pequenas. Apesar de poderem concentrar mais coisas, as caixas grandes acabam ficando pesadas e, portanto, ruins de carregar. Com muitas peças dentro, elas correm até o risco de rasgar durante o transporte.

5. A cozinha e o banheiro da casa nova serão os locais mais utilizados por quem estiver envolvido no processo de mudança. Por isso, faça uma limpeza nos dois ambientes antes de começar a trazer as coisas. Não se esqueça de lavar um banheiro – de preferência, que tenha chuveiro – e combinar com todo mundo que estiver no local o uso exclusivo dele.

CUIDADOS NO DURANTE, PARA FACILITAR O DEPOIS

6. Em vez de limpar a casa nova antes da mudança, faça isso na hora, conforme for guardando as coisas. Com exceção, é claro, da cozinha e do banheiro, que certamente serão utilizados durante a arrumação. Para o restante, separe um kit de limpeza básico, contendo balde, multiuso, flanela, pano de chão, pano tipo fraldinha e detergente.

7. Em vez de tirar as roupas da gaveta, colocar em uma caixa e depois ter que realocá-las para a gaveta da casa nova, simplifique: tire a gaveta do armário, coloque-a dentro de um saco plástico – pode ser um daqueles pretos, geralmente utilizados para o lixo – e feche com fita PVC. Se tiver que devolver a gaveta para o armário da casa antiga, basta levá-las de volta depois.

8. Dá para aproveitar uma das caixas em que você for colocar cobertores e travesseiros para levar também objetos frágeis. Basta embalá-las bem com plástico bolha e colocá-las entre um edredom e um travesseiro, por exemplo.

9. Você também pode utilizar as malas de viagem, se tiver, para transportar peças de roupas. “Já que elas também vão ter que ir para a casa nova, aproveite-as para armazenar suas coisas”, diz Cristina Papazian.

10. Se tiver roupas nas prateleiras, pegue as pilhas do jeito que estão e coloque-as em uma caixa ou mala. Em ordem, elas podem ir direto para o novo armário.

11. Não tire as roupas dos cabides. Coloque-as estendidas, uma sobre a outra, dentro de uma caixa ou mala. Depois, em vez de ficar na confusão de colocar cada uma no cabide, antes de colocar no armário, é só tirá-las da caixa e pendurá-las no lugar certo.

12. Tem muitas bijuterias? Coloque cada uma dentro de um saquinho, para que não enrosquem, e leve tudo dentro de uma nécessaire.

13. Pense que a última coisa que você vai embalar será a última a ser colocada nocaminhão e, portanto, a primeira a ser descarregada na nova casa. Uma boa dica é deixar para o final as coisas de cozinha. “Com fome, tudo fica mais difícil. Por isso, é bom deixar pratos, copos e alguns beliscos a postos na cozinha nova”, diz Cristina.

14. Quando for embalar peças frágeis, não economize no plástico bolha. Jarras e bules, por exemplo, devem ser enrolados até que o espaço entre a alça e o corpo do objeto esteja totalmente preenchido. Depois, são necessárias mais duas camadas para cobrir também a alça.

Fonte: Revista Casa e Jardim

 

Comentários