Imóveis: É hora de comprar | JUA - Gestão Imobiliária

Notícias

JUA ONLINE Saldos, extratos, contas a pagar, segunda via de recibos e outros.
Imóveis: É hora de comprar
MAR 10 2015

Imóveis: É hora de comprar

  • 3ip Agência

 

Preço dos imóveis recuou em pelo menos 20 cidades do país.
Especialistas dizem que essa é a hora de comprar.
Pela primeira vez em sete anos, o preço dos imóveis subiu menos do que a inflação e quem estuda o mercado imobiliário garante: está na hora de comprar.
As placas que anunciam imóveis à venda no Rio de Janeiro se espalham pela cidade. A diferença, agora? Algumas construtoras e proprietários estão oferecendo descontos e facilidades para pagar.
O aumento do valor médio dos imóveis em todas as 20 cidades brasileiras pesquisadas pelo índice Fipezap, que é o indicador que avalia o mercado imobiliário brasileiro, ficou abaixo da inflação em 2015. Em sete anos, este é o menor índice registrado.
Quem trabalha com mercado imobiliário diz que o momento é, sim, bom para quem quer comprar uma casa própria. É que quando a oferta é maior que a procura, os preços caem e, quem tem dinheiro na mão, pode conseguir descontos bem vantajosos.
“Se está faltando comprador, quem tem o imóvel está dando desconto para conseguir dinheiro. Então esse é o momento ideal para você tirar o seu dinheiro da poupança e garantir a compra da sua casa própria”, diz o economista Sérgio Bessa.
Os feirões e saldões fazem parte da estratégia das construtoras para queimar os estoques de imóveis encalhados. Neste domingo (8), no Rio de Janeiro, muita gente aproveitou as promoções.
Elzi e Clóvis Scilar estão há oito meses à procura de um apartamento para comprar. A compra de um imóvel não é igual chegar numa sapataria e comprar um sapato, tem que ser muito bem escolhido.
“Eu pretendo - quando ela der o aval que é esse que eu quero - vamos brigar até a morte pra conseguir. Aí eu vou tentar baixar o preço, claro dentro do meu bolso, não vou me endividar para comprar, mas dá, dá para comprar agora, eu acho”, fala Clóvis.
O economista disse também que não é o momento de fazer um financiamento para comprar a casa própria, porque a taxa de juros está muito alta. Sérgio Bessa também recomenda ficar no aluguel por mais um tempo e ir juntando dinheiro, para na hora de comprar o imóvel, depender menos do financiamento e ter mais dinheiro em caixa para negociar um bom desconto.

 

Preço dos imóveis recuou em pelo menos 20 cidades do país. Especialistas dizem que essa é a hora de comprar. 

Pela primeira vez em sete anos, o preço dos imóveis subiu menos do que a inflação e quem estuda o mercado imobiliário garante: está na hora de comprar. As placas que anunciam imóveis à venda no Rio de Janeiro se espalham pela cidade. A diferença, agora? Algumas construtoras e proprietários estão oferecendo descontos e facilidades para pagar.

O aumento do valor médio dos imóveis em todas as 20 cidades brasileiras pesquisadas pelo índice Fipezap, que é o indicador que avalia o mercado imobiliário brasileiro, ficou abaixo da inflação em 2015. Em sete anos, este é o menor índice registrado. Quem trabalha com mercado imobiliário diz que o momento é, sim, bom para quem quer comprar uma casa própria. É que quando a oferta é maior que a procura, os preços caem e, quem tem dinheiro na mão, pode conseguir descontos bem vantajosos.“Se está faltando comprador, quem tem o imóvel está dando desconto para conseguir dinheiro. Então esse é o momento ideal para você tirar o seu dinheiro da poupança e garantir a compra da sua casa própria”, diz o economista Sérgio Bessa.Os feirões e saldões fazem parte da estratégia das construtoras para queimar os estoques de imóveis encalhados.

Neste domingo (8), no Rio de Janeiro, muita gente aproveitou as promoções.Elzi e Clóvis Scilar estão há oito meses à procura de um apartamento para comprar. A compra de um imóvel não é igual chegar numa sapataria e comprar um sapato, tem que ser muito bem escolhido.“Eu pretendo - quando ela der o aval que é esse que eu quero - vamos brigar até a morte pra conseguir. Aí eu vou tentar baixar o preço, claro dentro do meu bolso, não vou me endividar para comprar, mas dá, dá para comprar agora, eu acho”, fala Clóvis.

O economista disse também que não é o momento de fazer um financiamento para comprar a casa própria, porque a taxa de juros está muito alta. Sérgio Bessa também recomenda ficar no aluguel por mais um tempo e ir juntando dinheiro, para na hora de comprar o imóvel, depender menos do financiamento e ter mais dinheiro em caixa para negociar um bom desconto.

 

Fonte: Globo.com

Comentários